sexta-feira, 17 de junho de 2011

Operador de máquinas cai em golpe dentro de banco


O Operador de Máquinas Sival Noronha está contando coma ajuda da polícia civil para reaver o dinheiro levado.
O operador de máquinas Sival Noronha dos Santos, de 35 anos, foi vítima de um golpe comum em muitas agências de bancos pelo país afora.
O mesmo se encontrava no Banco Bradesco na manhã desta segunda-feira, 20, por volta de 08h, tentando tirar um extrato de sua conta.
O operador de máquinas não conseguia digitar a senha. Foi quando um senhor, aparentando ter 40 anos, cabelo liso, moreno claro e meio barrigudo e com sotaque de gaúcho, se apresentou para dar uma “ajuda”.
O operador aceitou a “ajuda” e sem perceber acabou passando a senha para o meliante que num passo de mágica trocou o cartão de Sival que só foi perceber o golpe, por volta de 11h, quando na boca do caixa foi informado que o cartão não era o seu e que alguém utilizando o seu cartão havia realizado dois saques nos valores de R$ 2.500 e R$ 350. “Tenho pouca leitura e com medo de ter cancelado o meu cartão, pois não estava conseguindo digitar corretamente a minha senha e por isso, acabei aceitando a ajuda de um desconhecido”, contou o operador.
A polícia civil já está investigando o caso e espera mandar para atrás das grades o ‘espertalhão’, autor do golpe.
Os investigadores vão investigar o cartão que o meliante passou para a vítima. O nome que está no cartão é mantido em sigilo pela polícia civil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário