segunda-feira, 7 de abril de 2014

MP pede prisão preventiva e cassação de prefeito de Feira de Santana

MP pede prisão preventiva e cassação de prefeito de Feira de Santana
Foto: Tiago Melo/Bahia Notícias
O prefeito de Feira de Santana, Zé Ronaldo (DEM) teve a prisão preventiva e a perda de mandato pedidos pelo Ministério Público Estadual (MP-BA). De acordo com o site Acorda Cidade, a ação penal foi movida por conta da contratação do motorista Constantino Portugal dos Santos, aposentado por invalidez. Segundo informações do MP, ele nunca exerceu a função, mas seus vencimentos – ele recebia um salário mínimo – constavam na folha de pagamento entre 8 de novembro de 2005 e 7 de novembro de 2007. O caso veio à tona após a Delegacia de Repressão a Crimes Previdenciários da Polícia Federal ter aberto um inquérito, ao encontrar o nome de Constantino como servidor temporário da prefeitura de Feira de Santana. A fraude causou prejuízo de R$ 10.083,68 ao erário. Ainda de acordo com o Acorda Cidade, o secretário municipal de Comunicação, Waldomiro Santana, informou que o democrata já foi ouvido pelo MP, mas não falou sobre o assunto. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário