quarta-feira, 16 de abril de 2014

Radialistas cobram reabertura de rádio comunitária de Ibititá

De acordo com os profissionais, a emissora já protocolou, junto ao setor de tributos do município, toda a documentação necessária, exigida pelo setor, para a liberação do alvará de funcionamento.

 Radialistas-cobram-reabertura-de-rdio-comunitria-de-Ibitit
Os radialistas Gil Castro e Vanessa Castro da rádio comunitária Rochedo FM, 104,9, de Ibititá, participaram do Jornal da Caraíbas FM desta quarta-feira (16), para reivindicar o direito de reabrir a rádio comunitária, que foi fechada há quatro meses.

Segundo Vanessa, a rádio está fora do ar há quatro meses, apenas por falta de alvará. Ainda segundo a radialista, a assessoria jurídica do município apresentou um parecer alegando que a autorização para funcionamento não foi liberada por falta de condições necessárias para o exercício.

As instalações são precárias, não há espaço para reunião, teto e paredes estão rachados, além de fiação exposta – expôs o documento.  

  
De acordo com os profissionais, a emissora já protocolou, junto ao setor de tributos do município, toda a documentação necessária, exigida pelo setor, para a liberação do alvará de funcionamento.  Mas até o momento nenhum sinal foi emitido.



Orlando Danton/Rede Caraíbas

Nenhum comentário:

Postar um comentário