segunda-feira, 5 de maio de 2014

Diga não à violência; em Irecê, entidades realizam “Caminhada pela Paz”

Na manhã deste sábado (03), centenas de pessoas, entre empresários, estudantes, professores, alunos da Escola de Enfermagem Andaraí, Lions Clube e a comunidade, foram às ruas pedir um basta à violência.

A mobilização, chamada de “Caminhada pela Paz”, teve como objetivo principal de chamar a atenção das autoridades sobre a situação de emergência em que se encontra a cidade de Irecê.

O movimento, liderado pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Irecê (CDL), que teve início na Casa do Comércio, percorreu varias ruas do centro da cidade e seguiu em direção ao Parque de Exposições de Irecê, onde acontece a 16ª Expoagri.  

Portando faixas e bandeiras pretas em sinal de luto pelas vítimas da violência, os manifestantes reivindicaram mais iluminação pública, maior policiamento, mais atividades culturais e esportivas, mais viaturas... uma sociedade sem armas, sem drogas e sem violência.

Segundo os organizadores da caminhada, a proposta da atividade é convocar toda a sociedade a clamar pelos seus direitos e pelos deveres das autoridades. “Vivemos em um momento marcado pela violência. Assaltos, furtos, roubos, assassinatos. Precisamos e devemos acreditar que juntos podemos traçar novos horizontes, novas possibilidades e novos caminhos de convivência. Esse é o objetivo da caminhada”, disse Adalvo Martins, presidente da CDL.

A empresa Casa Medeiros fechou suas portas e convocou todos os funcionários a participar da Caminhada pela Paz.

Orlando Danton/Rede Caraíbas

Nenhum comentário:

Postar um comentário