terça-feira, 22 de julho de 2014

Joacy Dourado(PT) ocupa uma cadeira na AL-BA, após o afastamento polêmico de Capitão Tadeu (PSB)


A seis meses de o governador Jaques Wagner (PT) encerrar o mandato, a configuração de sua bancada na Assembleia Legislativa ganhou mais um reforço, com a posse de um petista, representante do município de Irecê, o ex-deputado estadual Joacy Dourado. Ele ocupa uma cadeira, após o afastamento polêmico de Capitão Tadeu (PSB) a partir de uma decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que anulou os votos de Wank Medrado, o que impactou na coligação do PSB, partido da senadora e candidata ao governo Lídice da Mata. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) da Bahia recebeu a liminar e enviou a determinação para o presidente da Casa, Marcelo Nilo (PDT), que imediatamente executou a saída do socialista e o retorno do petista. Além de Dourado, foi empossado Carlos Brasileiro (PT), no lugar de João Bonfim (PDT) que saiu para o TCE. 
Com isso, o governo contabiliza 41 deputados, somando ainda o PRB que apoia Paulo Souto, mas estaria na base nas votações, conforme bastidores. Embora não pertencesse à oposição, Tadeu era um dos parlamentares que mais guerreavam contra as políticas de segurança da gestão, sendo um dos que estiveram à frente da paralisação dos policiais militares em abril. A posse ocorrida ontem na sala da presidência não teve a pompa comum aos eventos, mas sinalizou o discurso de que o governo tem agora mais um para defender a sucessão petista. “Chego para somar junto à candidatura de Rui Costa, Otto e Dilma. Vou buscar o apoio para eles”, disse o ex-prefeito de Irecê.

Nenhum comentário:

Postar um comentário