sábado, 26 de julho de 2014

Piloto de avião que caiu no oeste da Bahia sai de coma induzido. Fotógrafo continua sob sedação

tv sudoeste bahiaREDE BAHIA | G1
Boletim médico de Ana Maira foi divulgado na manhã deste sábado (26). Avião em que vítima estava caiu na quinta (24), no oeste do estado.
A piloto Ana Maira Moraes que estava a bordo do avião de pequeno porte que caiu na quinta-feira (24), na divisa de Barreiras e Luís Eduardo Magalhães, oeste baiano, saiu do coma induzido conforme o boletim médico divulgado na manhã deste sábado (26).
Ela e o fotógrafo Rui Rezende, que também estava no avião, permanecem internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital do Oeste, onde estão desde a noite de quinta-feira.
Apesar de ter saído do coma, o estado de saúde de Ana Maira é grave, porém estável. Já o fotógrafo Rui Rezende continua sedado e tem quadro grave e instável. Ele sofreu uma lesão na coluna. A Força Aérea Brasileira (FAB) afirma que a dupla realizava um voo panorâmico por cima de uma plantação de algodão, que seria fotografada por Rezende, quando caiu por volta das 11h de quinta-feira.
A FAB explica que é considerada experimental a aeronave regularizada junto à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), mas que não é homologada. Neste caso, a Polícia Civil é responsável pela perícia do avião.
O acidente
Um avião de pequeno porte caiu por volta das 11h desta quinta-feira (24), na divisa de Barreiras e Luís Eduardo Magalhaes, no oeste baiano. As duas pessoas a bordo do avião, o fotógrafo Rui Rezende e a piloto Ana Maíra Moraes, ficaram feridos no acidente. A assessoria da Força Aérea Brasileira (FAB) confirmou que o acidente envolveu uma aeronave experimental, de matricula PU-DET, que caiu na fazenda Santo Antônio, na região de Barreiras. A FAB explica que é considerada experimental a aeronave regularizada junto à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), mas que não é homologada.
A dupla realizava um voo panorâmico por cima de uma plantação de algodão, que seria fotografada por Rezende. As vítimas foram atendidas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de Barreiras, e encaminhadas para o Hospital do Oeste, em Barreiras. Segundo informações da unidade, a piloto fraturou as duas pernas, está em coma induzido e aguarda avaliação neurológica. Já o fotógrafo passou por uma cirurgia. O estado de saúde dos dois é considerado grave. As delegacias de Barreiras e Luís Eduardo Magalhães não registraram nenhuma ocorrência sobre o caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário