quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Presidenciável Eduardo Campos morre em acidente aéreo em Santos


Uma aeronave que partiu do Rio de Janeiro com destino ao Guarujá, no litoral paulista, caiu nesta quarta-feira (13) sobre uma casa em Santos (SP). Segundo o Comando da Aeronáutica, o modelo do aparelho é um Cessna 560XL, com prefixo PR-AFA. Inicialmente, acreditou-se que seria um helicóptero, mas, às 11h42, confirmou-se que o acidente envolve um jato executivo de uma empresa de Ribeirão Preto (SP).  

O repórter JOVEM PAN Guilherme Amaral informou que equipes do Samu e do Corpo de Bombeiros trabalham no local junto à Defesa Civil e à Polícia Militar. Ao menos 10 pessoas, inclusive em terra, teriam sido feridas segundo os bombeiros. Elas foram levadas para atendimento nos hospitais da região. Porém, não se sabe ainda quem estava viajando no avião.

A Aeronáutica informou ainda que quando a aeronave se preparava para o pouso, foi necessário arremeter por causa do mau tempo. Em seguida, a comunicação com o bimotor foi perdida. O órgão confirmou que vai iniciar investigações para saber o que aconteceu de fato.

O repórter JOVEM PAN Carlos Aros informou que o governador Geraldo Alckmin cancelou sua agenda desta quarta-feira para acompanhar os trabalhos no local do acidente, em Santos. 

Testemunhas

Em entrevista ao repórter JOVEM PAN Marcelo Mattos, o comerciante Edvaldo Francisco de Jesus, que trabalha perto do local do acidente, disse que houve pânico entre as pessoas que estavam ao redor.

“Muito tenso. Eu estava conversando com um amigo e ouvi aquele barulho. Correria, todo mundo gritando, vidro estraçalhado no chão e pessoas saindo da residência”, descreveu Jesus o cenário do acidente.  

Ainda de acordo com a testemunha, há feridos, inclusive, os que estavam em terra. Essas vítimas foram atendidas em frente ao ponto em que o helicóptero caiu.

A ouvinte JOVEM PAN Eliana Rodrigues disse que também presenciou muito pavor e correira na região e descreveu a situação de momento, por volta das 11h50: “Tem muita gente na rua, tem bastante polícia, tem carro do Samu. O que eu ouvi é que tem vítimas”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário