terça-feira, 24 de novembro de 2015

Governo anuncia valores de migração das rádios AM para FM; preços de outorgas ficaram entre 4 milhões e 8 mil reais

O decreto com os valores da migração das rádios AM para FM é assinado nesta quinta-feira, 24, no Palácio do Planalto, em Brasília. A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e TV (Abert) informou que a cerimônia ocorre de 11h às 15 horas, com intervalo para almoço. Os pagamentos foram divididos em patamares, mas o valor detalhado das outorgas será publicado à tarde. A migração será opcional. 

Segundo o Ministério das Comunicações, das 1,8 mil emissoras AM em operação no Brasil, 1,4 mil já solicitaram a mudança para FM. O governo estima que cerca de 1 mil poderão fazer a migração para a nova faixa em 2016. Os 400 restantes terão de aguardar a liberação de espaço que vai ocorrer com a implantação digitalização da TV no país. 

O ministro das Comunicações adiantou que, para emissoras de alta potência na região de São Paulo, por exemplo, o valor será de cerca de R$ 4 milhões. As emissoras de baixa potência, que atuam em municípios com menos de 10 mil habitantes, terão licença em torno de R$ 8 mil. 

André Figueiredo afirmou ao G1 Brasília que o Ministério das Comunicações avalia “caminhos” para que as emissoras interessadas em fazer a migração para FM possam conseguir financiamento por meio do BNDES para a compra de equipamentos e pagamento do boleto de migração. Com informações do Ministério das Comunicações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário