quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Radialista foi morto a tiros no interior de Pernambuco.

A Polícia Civil de Pernambuco está em diligência para encontrar os suspeitos de terem assassinado na manhã de hoje o radialista Israel Silva, em Lagoa de Itaenga, na Zona da Mata de Pernambuco. O delegado especial Pablo de Carvalho, que integra a Gerência Geral da Polícia Científica, foi designado pela Secretaria de Defesa Social (SDS) para investigar o caso conjuntamente com o delegado da cidade, João Gaspar. De acordo com o Carvalho, no momento nenhuma linha de investigação pode ser descartada, mas há indícios de que o crime tenha relação com o exercício da profissão. “Muitas pessoas estão sendo ouvidas ainda. Não se passaram nem 12 horas do homicídio. Enquanto não elucidarmos o caso, as ouvidas e diligências continuarão”.

Apresentador da rádio Itaenga FM, Israel era conhecido pelas posições críticas e sem papas na língua. Na rádio que trabalhava há cerca de 3 anos, denunciava os problemas da cidade, em especial nas questões sobre segurança pública, e notícias sobre política. Em seu programa, Israel costumava fazer oposição ao governo do prefeito Lamartine Mendes (PSB). A vítima também era concursada da Guarda Municipal. O enterro de Israel ainda não foi confirmado, mas deverá ocorrer amanhã, informou um parente. Segundo a polícia, o radialista foi alvejado por quatro tiros quando chegava em uma loja de informática, por volta das 7h. Testemunhas contaram que dois homens teriam chegado em uma moto e efetuado os disparos.
Fonte: Blog do João Marcolino

Nenhum comentário:

Postar um comentário