segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Época de verão aumenta surgimento de aranhas, lacraias e escorpiões

As altas temperaturas e chuvas, durante o verão, favorecem o processo reprodutivo de insetos e aracnídeos, com isso é maior a incidência de escorpiões, aranhas e lacraias em casas e condomínios. A presença desses animais, que são espécies endêmicas de outras regiões como a caatinga, está associada à espaços com árvores e vegetação rasteira, combinados a resíduos. O biólogo da Lar Clean, empresa especializada em controle de pragas urbanas, Marcelo Grilletto, afirma que boas práticas de jardinagem evitam ocorrências mais graves.

"Alguns animais peçonhentos são fotossensíveis, ou seja, tem alta sensibilidade à luz, esse é o caso do escorpião. Por isso, é indicado ter cuidado com paredes porosas, troncos ocos, frestas e ralos que podem servir de esconderijo. Manter o jardim limpo é indispensável", explica.

O vilão neste período é mesmo o escorpião. No interior do estado, os registros são mais graves, há uma semana uma criança de nove meses morreu, na cidade de Eunápolis, após ser picada enquanto dormia. O caminho para evitá-lo é eliminar o seu principal alimento, no espaço urbano: as baratas. A Tarde

Nenhum comentário:

Postar um comentário